sábado, 22 de janeiro de 2011

Eu sou contra!

Eu gostaria de saber porque os sindicatos dos jornalistas, a Fenaj, a grande imprensa, todos eles, não se unem para proibir aquelas propagandas de produtos de limpeza em que uma equipe de reportagem de TV do nada entra no banheiro de uma dona-de-casa e fazem pergunta idiotas.

Já tem criança aprendendo que jornalismo é isso!

Isso sim, é uma questão de honra para a classe. Deveria ser proibido!

4 comentários:

Thiago Teixeira disse...

òdio compartilhado, mano!

Leandro Cruz disse...

Por que proibir, sob qualquer argumento, produções audiovisuais (a serviço de quem quer que seja) é censura.
E definitivamente nenhum segmento, muito menos o dos jornalistas, deve se prestar a esse papel de se organizar para promover a censura.
Existem causas mais dignas, que o orgulho ferido, para os jornalistas abraçarem e se organizarem.
A publicidade imitando o formato jornalístico é o de menos.
Pior é quando em determinados veículos (de modo especial televisionados e impressos)se diz estar fazendo jornalismo, mas no fundo não passa de publicidade. Contra isso, sim, os jornalistas devem lutar, não se submetendo a essa sujeira.

PS: também acho uma bosta essas propagandas citadas no post irado do Russo

Leandro Cruz disse...

Russo...
não se deixe levar por ideais Julianescos...
Mentem sobre jornalismo pra vocês na faculdade.

Renato Diniz disse...

mas a piada era essa mesmo Leandro... o post foi irônico