segunda-feira, 30 de junho de 2008

Tenha Dó(lar)

Não entendo uma vírgula de economia. Aliás, uma vírgula pode mudar muita coisa num número, né? Enfim, fato é que eu filosofo a respeito de vez enquando e pensei: tudo depende de especulação! Aí mudam tudo na economia porque especulam. É o plano das idéias sobrepondo-se ao plano da matéria.

Vivendo essa vida de universitário numa república de estudantes de jornalismo, gastando pra caramba, ficando sem dinheiro me perguntei: e uma rep de alunos de economia? Será que eles têm lucro morando fora?


Pergunta: Qual é o valor da bolsa de valores?

Pós Euro...

Globo tentando não dar força à Euro 2008... Logo nas primeiras notícias do site:
Ronaldo luso leva 'olé' de brinquedo
*foto de Cristiano Ronaldo caindo de uma bóia


Isso é ter o que informar depois de uma final do torneio de futebol mais importante da Europa.

sábado, 28 de junho de 2008

Cálculo complicado

Tão metódico que para eliminar uma pedra no rim realizava turno e returno, grupo de acesso e repescagem.

Era um complexo cálculo renal.

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Mandalá

Ih... pecado mortal do blogueiro: ficar um dia sem postar

Bizarrices do aníversário de Mandela...
Por que a festa é em Londres? Ele não é o herói da África do Sul? Poderia comemorar lá, não? Mais simpático com seu próprio povo
E o que a Amy Winehouse foi fazer lá? Ah, nem digo nada, vai.
Outra: ele ainda aparece na lista do terrorista do governo norte-americano. Mesmo com 90 anos de idade. Mas o que dizer de um congresso que aprova guerras?

quinta-feira, 26 de junho de 2008

NeuroCopa

Muito boa a esquete do Casseta e Planeta desta última terça. Era a Neuro Copa, com o clássico Alemaníaca e Suecídia. O árbitro tirava o cara ou coroa, e o jogador da Suicídia, interpretado pelo Reinaldo, dizia "Ah, perdi, sabia que ia perder". Em seguida ele se matava.

Aliás, o Casseta tirou sarro de uma atração que não era da Globo. Me lembro de algumas referências desse tipo... como uma sátira do Ratinho, o "Programa do Elefantinho", em que o apresentador era interpretado pelo Bussunda e o caso polêmico do programa era o escândalo sexual de Bill Clinton, interpretado por Marcelo Madureira, com Hilary sendo interpretada por Suzana Vieira. Outra sátira foi das Chiquititas, mas muito rápida no meio de uma piada das Olimpíadas de Sidney.

Euro, hein

Notas da EuroCopa

*Um problema no sinal da transmissão deixou todos na mão. Eu assistia pela Record e já culpava a emissora, mas depois fui informado que o problema veio de lá. Tá bom, sempre vai ter aquele cara dizendo "Ninguém mete o pau porque é a Europa, se o sinal caísse daqui do Brasil ia ser outra história."
*E os russos estão eliminados. Lamento pelos meus pseudo-conterrâneos.
*Será que a fúria vinga?
*Na semifinal Rússia e Espanha a Record botou o Brito Junior como comentárista. Não sei se ele entende do assunto, porque eu não entendo absolutamente nada. De início achei meio sem sentido, mas depois até que eu estava gostando.


Falei demais na Record, né? Ela tá investindo, crescente coisa e tal. Só que a Globo sempre serve como padrão... ou quadro a ser copiado. Aposto que no fim do ano vai ter aquela vinheta de festa, todo mundo de branco, se cumprimentando, estourando champgne e desejando um próspero ano novo. Aguardem.

Bíblia do Caos - 2

Aí no sexto dia Ele resolveu avacalhar. Com preguiça, resolveu criar um ser à Sua imagem e semelhança e dormiu o dia segunte todo.


Juro que não tirei nada da Bíblia do Caos: O Novo Evangelho, de Millôr. Aliás, recomendo

quarta-feira, 25 de junho de 2008

terça-feira, 24 de junho de 2008

Momento jornalístico

Eu tentando brincar de editor dá nisso...

Só pra explicar, teve algumas coisas que a definição da imagem não permite enxergar. Como
Editor geral: Temístocles Andrade... Cremos em Zeus
Abaixo, à esquerda: Cronista Oráculo dos Santos prevê disputas emocionantes.
Abaixo do quadro: Polêmico reaberta: Democracia corintiana copiou a democracia ateniense?
À direta: Comitê volta atrás e medalha de Midas vira ouro
Atletismo: maratonista vence mas morre

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Estou só imaginando

Como é uma greve de filosófos? Não quero nem pensar

Aliás, quer saber o que passa pela cabeça de um idiota? Nem te conto

domingo, 22 de junho de 2008

EuroFúria

Hummm... Romênia, Holanda, França e Itália... depois se classificaram Holanda e Itália, não é mesmo? A Rússia desclassificou a primeira e a Espanha eliminou a segunda. E o grupo da morte já morreu.

Massa é líder!

Hoje de manhã o Brasil voltou ocupar o primeiro lugar na classificação do Mundial de Pilotos de Fórmula-1 depois de 15 anos. O último tinha sido Ayrton Senna, na temporada de 1993. Felipe Massa venceu em Magny Cours e pulou para 48 pontos. E nem Senna tinha vencido na França. Só Piquet triunfou naquele país em 1985.

Para quem assitiu, foi uma corrida bem cansativa. O pouco de emoção que teve foi nos dez minutos finais, com Kovalainen tentendo roubar o terceiro lugar de Jarno Trulli, sem sucesso. Durante muito tempo Raikkonen liderou com tranquilidade até um problema no escapamente comprometer seu desempenho e permitindo que Massa assumisse a primeira posição. Bom pros brasileiros. Piquet fez uma boa corrida e contou com um erro de Alonso para ultrapassá-lo nas últimas voltas e ficar com a sétima posição. Rubinho não teve muito o que fazer e terminou em 14º.

Detalhe: depois de Raikkonen dar várias voltas com o escapamento pendurada na tamap do motor de sua Ferrari, a peça se desprendeu e voou pelos ares, caindo na grama ao lado da pista. Podia ter machucado alguém.

Ah. Promessa de chuva... e nada. Ou quase nada. Foi golpe de marketing.

Vou imitar a grande imprensa e deixar para dar notas aos pilotos amanhã, até porque não tem muito o que avaliar numa corrida dessa.

Marco Senna do Brasil ?!

O locutor da Record Éder Luiz está exagerando nas transmissões da EuroCopa. É verdade que sua empolgação anima o telespectador, mas torcer para jogadores brasileiros naturalizados espanhóis, portugueses e turcos parece exagero. No jogo Itália e Espanha e soltou um "Marco Senna do Brasil" e um "O Marco tá se multiplicando em campo".
Ah, pra ele a bola passou do meio campo já é chute a gol. Ele mantém muito estilo do rádio, dos seus tempos de Transamérica.

sábado, 21 de junho de 2008

Vai Nelsinho

*Escrevendo ao som de Beatles
Nelsinho Piquet vai largar em nono para o GP de Magny Cours. Tá bom que Hamilton e Rosberg perderam posições pelo acidente na saída dos boxes no GP do Canadá, mas já dá pra ver melhores no desempnho do brasileiro. Estou na torcida.


Querem meu palpite para o campeão de 2008? Raikkonen, bicampeão sim. Claro que prefiro Massa, torço pro Hamilton também, mas as circurstâncias me levam a crer que vai dar Ferrari, e os pontos que Massa perdeu nas primeiras corridas vão fazer diferença.


Acompanha um desenho, supostamente uma Ferrari do Schumacher, ano 1996


sexta-feira, 20 de junho de 2008

Tem outro repórter?

Nos dois jornais da manhã da Record, toda hora os apresentadores chamavam a apresentação do comentarista de assuntos criminais Percival de Souza. O comentarista pode ser bom, mas essas chamadas empobrecem o telejornal. Pelo menos, Percival deveria estar no estúdio.

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Quase Trapalhões

Fiquei feliz em saber que Dedé Santana vai integrar a turma do Didi. É verdade que perto de Zacarias e Mussum, Dedé nunca foi apontado como grande humorista, mas perto do elenco atual do programa do Renato Aragão ele vai se destacar. Aliás, as piadas da Turma do Didi são bem previsíveis e não são direcionados para o público infantil. Tem também aquela sonorização ridícula de risadas falsas, mesmo no meio da piada. Calma gente. Dá pra ficar bom.

terça-feira, 17 de junho de 2008

Mais hein?

Desenhei isso no começo do ano, e poucos compreenderam o humor do desenho. Será que alguém arrisca?


Ih, não foi possível atualizar o blog ontem, bem no aniversário da mulher que me pôs no mundo!
Que absurdo!

domingo, 15 de junho de 2008

2 x 0

Dois a zero pro Paraguai, hein. Isso que dá botar um técnico paraguaio. Só porque o produto "funcionou" na Copa América não quer dizer que seja de qualidade. E tentam explicar que foi pela ausência de dois ou três jogadores... sendo que o Brasil poderia formar umas 4 seleções de nível mundial.

Amiguinhos

Governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusis, do PSDB acusa PT e DEM de se unirem para derrubá-la.

Vendo essas coligações, alianças, acordos e amizades bizarras que se formam na política eu penso: vai ver é a gente que vê maldade em tudo e na verdade só os políticos realmente aprenderam a perdoar e juntaram-se ao antigos inimigos numa prova de compaixão. Mas pelo jeito, não é isso não, hehe

sábado, 14 de junho de 2008

Segredo histórico

Espantado, o historiador parou de ler, fechou o livro e percebeu que descobrira o motor da História: Briga-se por qualquer merda.

Eurotrip

Nelsinho Piquet, da Renault, ainda não pontuou nessa temporada, mas afirmava que essa má fase se dava porque ele só conhecia as pistas européias. Acontece que hoje teve treino livro na Espanha e o filho de tricampeão ficou em primeiro. Tá bom que eram 11 carros treinando, e os resultados desses testes não são exatamente determinantes pras próximas corrida, mas que uma primeira posição dá um entusiasmo dá.

Ah, tem gente falando do erro de Hamilton no GP do Canadá. Essa falha faria com que ele não pudesse mais ser o novo Senna. Mas, sem querer cair naquela chatice de questionar comparação, Senna também cometia seus errinhos. Opa, falei mal dele.

Quem é Jornalista?

Vi no Blog do Flávio Gomes (http://ultimosegundo.ig.com.br/esportes/opiniao/blig_do_gomes/) um vídeo do desabafo do locutor Luciano do Vale a respeito do tratamento que a imprensa vinha dando sobre a final da Copa do Brasil. Entrem lá e procurem "Surtou". Ainda não sei por vídeos aqui, por isso deixo o link.

Luciano é um dos meus narradores favoritos e muito do que ele disse eu concordo. Às vezes parece que a imprensa esportiva de São Paulo quer que seu Estado se separe do Brasil. Depois ele fala que no seu entendimento de "jornalista" não está alguns dos seus colegas de Band, e de transmissão, como Godoy (comentarista de arbitragem), Neto, Milton Leite, além de Flávio Prado(Jovem Pan e Gazeta). São agitadores, querem bagunça, na opinião dele.

Para Luciano, jornalista tem que ter diploma. Olha, só tive um semestre de facudade de jornalismo até agora, e não acho que seja uma coisa que mude para sempre a formação de uma pessoa, e que o diploma seja um divisor de águas. Mas acho que no fundo dá pra entender o que ele quis dizer.

Sobre os citados, concordo em alguns pontos. Não gosto do modo como trabalham, sobretudo Milton Leite. Mas gosto do Flávio Prado e o vejo como ótimo jornalista. Ele não agita sem argumentação. Ele se informa, buca base para dizer o que diz. Não é só um radialista.
Sobre o "é só um jogo", parece estranho sainda da boca de um locutor, mas vai dizer que não é?

sexta-feira, 13 de junho de 2008

ComPTilhar

Vi no globo.com (juro que não é propaganda, é preguiça de acessar outros sites mesmo) Lula sanciona lei para guarda compartilhada.

Se houver algum problema entre o presidente e Dilma Roussef, mamãe do bebê, o PAC pode ficar com os dois sem maiores traumas. É a Partilha Após Cisão (eu dando uma de Zé Simão brincando com siglas)

Schweinsteiger

Li uma notícia qualquer sobre esse jogador da seleção alemã na EuroCopa (explico bem as coisas não é?) e pensei... não é o tipo de nome que aparece no Soletrando do Luciano Hulk

Aliás, já que falei da Eurocopa... que mania é essa de vangloriar Deco como brasileiro? Ou Marcos Sena. Esse joga com a camisa da Espanha e aquele joga com a camisa de Portugal. Brasileiro joga de amarelo. Não que eu defenda uma torcida contra, com agressividade e tal, mas com menos ufanismo, ou nacionalismo estrangeiro.

quinta-feira, 12 de junho de 2008

FAMEN

Estudava psicologia, mas ficou louco. Foi jubilado das faculdades mentais.

terça-feira, 10 de junho de 2008

Casseta também é história

Estou numa vida de errante digital. Atualizo o blog de tudo quanto é pc porque o meu tá de molho... Agora por exemplo estou escrevendo no notebook do Lost, colega de jornalismo da Unesp.

__________________________________________________________________
Comprei um livro e uma revista da pré-história do Casseta & Planeta num sebo aqui de Bauru. Era a biografia de Perry White, pseudo-editor chefe do Planeta Diário (o mesmo nome do jornal em que Clark Kent trabalhava e o mesmo nome do editor chefe do jornal) além da revista A História Completa do Casseta & Planeta, O melhor da Revista Casseta Popular. Naquele tempo as piadas eram BEM mais ácidas, do tipo:
*"Alemães racionam tudo: Hiltler garante que não faltar sabão" (numa suposta edição dos anos 40)
*"GayTorade! Pra quem gosta de chegar atrás" (num anúncio falso)
*"Café Dunga. Se o Café Pelé já é ruim, imagina"

Agora lembrei de um algumas manchetes do Planeta Diário que me vem à cabeça:
*Tudo sobre o Xequestro da Xuxa!

Naquela época não tinha tanto o "politicamente correto". Deu pra perceber, né?

Homem ao mar

E o diretor do telejornal disse:
Joguem o âncora no mar! Senão o barco vira!

segunda-feira, 9 de junho de 2008

É mentira!

Se realmente fossemos sinceros com nós mesmos nossa mente não teria esse nome.

Bons mesmo?

Parece que iam avariguar sua árvore genealógica para ver se era todo mundo gente-fina. Perguntaram se tinha bons antecedentes.

domingo, 8 de junho de 2008

É festa em Varsóvia

Não é por causa dos gols de Podolsky que os poloneses estão rindo à toa. Muito pelo contrário. Esse compatriota deles naturalizou-se alemão e vestiram a camisa germânica na estréia das duas nações na EuroCopa. O jogo acabou em 2 a 0 mesmo, mas não é esse o motivo da festa vermelha e branca.
Robert Kubica venceu pela primeira vez na Fórmula-1 neste domingo, no mesmo circuito de Montreal em que sofreu o mais grave acidente dos últimos anos na categoria.
Dessa vez sem susto, o polonês contou com a falha de Lewis Hamilton na saída dos boxes na hora do safety car. O inglês não viu o sinal vermelho e bateu na traseira de Kimi Raikkonen, que estava devidamente parado. Kimi e Lewis abandonaram naquele momento.
Pois é. Corrida boa é corrida com confusão. No post de ontem eu acertei e errei ao mesmo tempo. Falei que Kubica iria vencer neste ano, mas que não seria no Canadá. 1x1. Mas de qualquer jeito é muito bom ver um piloto desse vencendo!

Vamos às notas de todos os pilotos e equipes:
1 - Robert Kubica - 10,0 - Simplesmente não errou. Isso bastou para vencer o GP do Canadá. É a sua segunda nota máxima seguida. É o líder do campeonato com 42 pontos. Quatro a mais que Hamilton e Massa.
2 - Nick Heidfeld - 9,0 - Pilotou com segurança. Deu muito sorte, assim como Kubica. Por alguns detalhes poderia ter sido o vencedor.
3 - David Coulthard - 10,0 - O tiozão da categoria não se arriscou . Suas estratégias de treino vem dando certo.
4 - Timo Glock - 8,0 - Por um erro nas voltas finais fez seu companheiro de equipe, Trulli, perder uma posição para Massa. Mas no geral foi muito bem.
5 - Felipe Massa - 9,5 - Não fosse o problema da mangueira de combustível poderia vencer. Não ultrapassou Glock mas a ultrapassagem dupla sobre Barrichello e Kovalainen valeu o dia.
6 - Jarno Trulli - 8,0 - Perdeu pontos só pelos erros nos treinos. Mas fora isso fez seu trabalho.
7 - Rubens Barrichello - 8,0 - Grande corrida. Chegou a liderar por causa da estratégia de uma única parada. Segurou quem vinh atrás por um bom tempo, mas um errinho a poucas voltas do fim lhe custou duas posições.
8 - Sebastien Vettel - 7,0 - Resistiu aos ataques de Kovalainen, arrancando um pontinho valioso.
9 - Heikki Kovalainen - 4,5 - Não era para andar tão atrás dos adversários. Ainda tomou aquela ultrapassagem de Massa. Também não passou Vettel.
10 - Nico Rosberg - 6,5 - Foi atrapalhado pela batida de Hamilton nos boxes e fez uma corrida de recuperação.
11 - Jenson Button - 5,0 - Teve problemas no carro nos treinos, mas não fez nada demais na corrida em que seu companheiro chegou a liderar.
12 - Mark Webber - 5,0 - Corrida decepcionante para quem costuma chegar na zona de pontuação. Só ficou nela com as paradas de boxes.
13 - Sebastien Bourdais - 5,0 - Corrida apagada. Teve a desonra de ter sido o último na pista.
14 - Giancarlo Fisichella - 4,0 - Abandou após rodas sozinho. Vinha numa corrida apagada no fim do pelotão.
15 - Kazuki Nakajima - 5,0 - Vinha bem, chegou a estar na zona de pontuação, mas um toque em Button quebrou seu aerofólio.
16 - Fernando Alonso - 9,0 - Vem fazendo grandes corridas, mas teve problemas no câmbio quando era terceiro colocado.
17 - Nelsinho Piquet - 5,0 - Vinha apenas comprindo seu trabalho até rodar. É bom que ele melhore nas pistas européias.
18 - Kimi Raikkonen - 8,0 - Largou bem, poderia vencer não fosse o erro de Hamilton.
19 - Lewis Hamilton - 4,0 - Arruinou a sua corrida e a de Kimi.
20 - Adrian Sutil - 4,0 - Corrida sem sal.

EQUIPES
BMW - 10,0 - Chegou a tão sonhada vitória, que nem a sua antecessora Sauber havia alcançado. Ainda por cima com dobradinha. Vai vencer outras este ano.
Red Bull - 9,0 - Tão sonhado pódio com Coulthard. Estratégia tem que contar com sorte. Webber que não foi tão bem.
Toyota - 9,0 - Boa corrida de seus dois pilotos. Alguns errinho, mas nada que comprometa sua nota.
Ferrari - 7,0 - Não rendeu o que se esperava. Massa divertiu a turma.
Honda - 7,0 - Está melhorando. Button teve problemas, mas podia ter pontuado.
McLaren - 6,5 - Corrida discreta de Kovalainen, mais um erro de Hamilton. Nem pontuou numa corrida que poderia ter vencido.
Toro Roso - 7,0 - Um pontinho com Vettel. Está de bom tamanho.
Renault - 8,0 - Bom trabalho com Alonso. Piquet não pontuaria de qualquer jeito.
Force India - 4,0 - Não saiu das últimas posições.


Aliás... pra que entrar nos boxes se o sinal pode ficar vermelho? Ninguém pensou nisso? Ou o piloto não deveria sair esperando por isso?

sábado, 7 de junho de 2008

Treino para o GP do Canadá

Ninguém esperava que a McLlarem fosse fazer a pole no circuito que a Ferrari sempre domina. Dá-lhe Hamilton. Mas meu ídolo vem logo atrás. Esse Kubica ainda ganha uma corrida esse ano. Não no Canadá, mas ganha. Raikkonen larga em terceiro; Alonso tirando leite de pedra sai em quarto com a Renault, enquanto Rosberg sai da quinta posição. E o Felipe Massa vai largar só em sexto. Isso já compromete a corrida. É o dia de largar longe do companheiro de equipe.

Rubinho fez um ótimo treino e chegou na parte final do treino. Larga em nono, mas não deve pontuar. Nelsinho bateu no treino da manhã e não pode conhecer a pista. Larga em décimo quinto. Nada bom.

Só dá pra saber os motivos dessas diferenças de tempo na corrida amanhã, mas aposto que Massa não chega no pódio e Hamilton vence com mais de 30 segundos de vantagem pro segundo. Kubica vai pro pódio. A pista estava muito suja hoje. Será que melhora amanhã?

Se não me engano tem possibilidade de chuva pra corrida. Aí cancele todas as minhas aposta e vamos pra corrida, porque vai ser divertido!

O que é "é" ?

Filosofia: levar a dúvida até as últimas consequências

Quem?

Era um músico de uma música só. Nenhuma outra fez sucesso. Tão desconhecido que quando a tocava todos juravam ser um cover

sexta-feira, 6 de junho de 2008

De cara pro vento

Faz tempo que não falo de automobilismo aqui. Desdas 500 Milhas de Indianápolis na verdade. Que tal uma foto de motobilismo? Tinha que ser do heptacampeão nas pistas e na maluquez Valentino Rossi, em boa temporada. Olha só o capacete que o italiano usou no fim de semana do GP de seu país, vencido por ele mesmo. É o seu rosto numa suposta freada de fim de reta sem capacete. (foto tirada do blog Voando baixo)

Além dessa pintura do capacete, a moto também ganha um novo visual para o GP da Catalunya, neste fim de semana. Nada melhor pra torcer para a Itália na Eurocopa. (Foto tirada do site www.motogp.com)

Parado! Jogue seu blefe no chão

A melhor arma é fingir que tem uma.

Fogo!

Fogo! Fogo!! Salvem as mangueiras!


Você já não ouviu algo do tipo?

Ceticismo

Dizem por aí que o homem ocidental é bastante cético. DUVIDO!

Acredita nisso?

PAPAC

Se tem gente que questiona a aplicação do PAC de Lula, uma coisa é verdade. Já facilitou e muito o trabalho dos historiados daqui a alguns anos. Todo governo que se estuda tem aqueles referenciais. É o Geisel com a abertura política, o Color com o Plano Verão, JK com o Plano de Metas, FHC com as privatizações. Lula com o PAC. Existindo ele ou não. Aliás, se as coisas estão meio lentas, deveria se criar o Plano de Aceleração do PAC.

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Turismo também é história

Todos conhecem a vida de Napoleão Bonaparte, imperador francês do início do século XIX, mas poucos sabem de sua vida após a aposentadoria por invalidez. Trata-se de uma eterna busca pela aventura através de viagens pelo mundo, que pretendemos retratar neste artigo.

Sua carreira teve de ser interropida após uma grave queda do cavalo, ao posar para uma foto para a revista Aventuras na História. Napoleão teve que ser submetido a uma cirurgia de extração do baço, de um rim e mais 5 metros de intestino.

Lamentavelmente a cirurgia não foi sucedida, e o cirurgião, distraído pelas piadas sobre a estatura do paciência que os enfermeiros contavam durante a operação, esqueceu uma chave phillips no corpo de Napo, o que o deixaria inválido. O caso renderia uma indenização milionária ao baixinho, mas também lhe renderia o apelido que mais detestava, Rei Phillips da França.

Isso não abalou o conquistador, que agora se via com tempo livre para curtir a vida na corte francesa. Depois de um tempo de repouso, concorreu e ganhou o prêmio de Rei Momo do carnaval de Versalhes de 1803. Através de um prebiscito, foi eleito Imperador Momo do mesmo carnaval. Ainda com mania de grandeza devido ao seu passado político, Napo não aceitou entregar a coroa a outro rei momo no ano seguinte tirou a coroa das mãos do mestre-de-cerimônias para coroar a si próprio numa atitude que o excluiria do carnaval seguinte.



Revoltado com a organização do evento, decidiu viajar pela Europa para refrescar a cabeça. Seu primeiro destino seria a Inglaterra, mas a ilha não aceitou o passaporte de Bonaparte devido
a um bloqueio no sistema burocrático do aeroporto de Londres, e devido a um Bloqueio Continental. Contrariado, Napo optou por passar umas férias de inverno no aprazível clima russo,
onde pegou uma gripe que atrapalharia sua estadia.
Era hora de curtir as férias no verão francês e Napo adquiriu com antecedência seu ingresso para o parque aquático Water Loo, o melhor de toda Antuérpia. Mais uma vez um revéz arruinaria suas férias. Napoleão não se lembrava onde guardava algumas coisas, e, procurando a entrada para o parque aquático, acabou sendo fotografado por uma revista de fofoca no momento em que estava na posição em que Napoleão perdeu o ingresso.
Cansado de tanto batalhar pelas merecidas férias, a única solução foi alugar com exclusividade a Ilha de Elba, que tinha muita paz, mulheres bonitas além de um show diário de Elba Ramalho especialmente para o Imperador encostado. Muito feliz com seu novo momento de vida, mais uma boa notícia lhe viria. Arrependida pelo meu tratamento dispensado a Bonaparte, a Inglaterra decidiu desculpar-se oferecendo uma viagem ainda melhor: um cruzeiro seguido de uma estádia vitalícia com tudo pago na Ilha de Santa Helena. Os britânico ainda ofereceram ao figura um contrato de garoto propaganda dos vinhos que começavam a produzir.


Napo aceitou com a condição de que sua altura fosse aumentada nas ilustrações com photoshop. Viveu seus último dias na insolarada ilha, ao som de muito axé e na companhia de sua coleção de livros de Paulo Coelho. Infelizmente, sua mania de botar gotas de arsênico em sua bebida não lhe fazia bem, o que provavalmente causou sua morte.
Que desciclópédia que nada! entra lá e veja que é diferente: http://desciclo.pedia.ws/wiki/Napole%C3%A3o
Esse saiu da minha cabeça mesmo.

Separar?

Notou que o socialismo sempre precisa de capital e o capitalismo tem que fazer um social?

Cine Prega

E se até os cinemas dentro dos shoppings virarem igrejas?

quarta-feira, 4 de junho de 2008

IBOPE também vai pegar você

Já percebeu quais são as suas reações quando vê uma pesquisa de opinião? Quando sua escolha é a mesma da maioria, você pensa "Essa é a sabedoria do povo! Tá vendo? Ainda dizem que o povo é ingorante, mas soube escolher certinho". Já quando a maioria discorda de você, seu pensamento é "Olha só que povo ignorante. Tá sendo enganado. Só uma minoria percebe o que está errado!".

Quem tá errado nesse trem todo?

Primárias do Campolin

Já pensou se em Sorocaba a escolha do candidato do PSDB acontecesse à maneira norte-americana? Obama x Hilary se transformaria num Lippi x Amary, e as primárias aconteceriam nos bairros... teria os delegados do Campolin, do Jardim Simus, Barcelona, Vila Jardini, Santa Rosália, a Superterça do Jardim Europa. Tudo com aqueles discursos, e o povo achando que estava escolhendo o pré-candidato. E no fim eu tenho a impressão de que quem sair derrotado será gentilmente convidado para ser vice na chapa do ganhador. Tanto num quanto noutro.

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Olho no lance... ééééé

Nesta sexta-feira, o locutor Sílvio Luís esteve no campus da Unesp de Bauru para um bate-papo com os alunos, a maioria de jornalismo. O encontro encerrou o III Seminário de Jornalismo Esportivo Brasil Olímpico.


Sílvio é o mais criativo dos locutores esportivos brasileiros em se tratando de bordões. Aos 74 anos ele narra diversos campeonatos na Band e na Band News.



No encontro, mostrou-se o mesmo brincalhão das transmissão, e criticou a sua emissora, bem como a tv e o jornalismo esportivo do país. Assim como venho fazendo, vou deixar algumas das frases que me chamaram atenção na conversa:



"Um dia [nos tempos da Ditadura] me chamaram no DOPS, porque nos jogos eu dizia 'o dólar paralelo tá tanto'. Mas o Jornal Nacional também dava o dólar paralelo. "



"Eu tenho que dar uma legenda para a imagem" a respeito de seus comentários sobre o que se acotnece. Ele é contra repetir o que está sendo mostrado pela tv. Prefere acrescentar algo com um comentário, ou uma brincadeira.



"Costumo pegar algo do cotidiano quando o jogo tá chato", para descontrair a transmissão e prender o telespectador.

"Se você soubesse como eu detesto aquele negócio..." sobre a traja do patrocinador que aparece no meio das transmissões futebolísticas.

"As mesas redondas viraram festival de merchandising."

"Sem falsa modéstia: fazer o que eu faço não é fácil."

Sílvio falou várias vezes do poder da Rede Globo e da qualidade de sua transmissão. Perguntei para ele pessoalmente: "Você trabalharia lá?" Ele me respondeu: "Se for para manter meu estilo, sim."