sábado, 21 de agosto de 2010

Quando eu tinha sua idade...

Não tem jeito melhor para começar uma lição de moral do que com a frase "Na minha época..." a ser completada com a história (verídica ou não) que se desejar.

Dizer "na minha época, nós" já é um erro, como diziam alguns mais espirituosos. Como assim, minha época era do passado? Eu não estou vivo? Não estou falando como você? Então estamos na mesma época!

Subentendidos à parte, nada mais comum do que se lembrar do passado com saudosismo, sobretudo lembrar de sua juventude. Eu mesmo com 21 anos (ainda não caiu a ficha que tenho 21) me lembro de coisas da minha infância e pré-adolescência como se fossem bem melhores que as de hoje.

Mas se o quesito é lição de moral, nada melhor do que contar um passado miserável. Quanto mais moral seu pai tem que te impor, mais seu passado é sofrido.

Por isso que eu recomendo duas "peças de humor" (não sabia como unir uma música e uma skecht no mesmo substantivo) que exageram o assunto...

Primeiro um histórico vídeo do grupo inglês Monty Python... ah, éramos felizes porque eramos pobres:



E agora vem uma canção do músico norte-americano especialista em paródias, Weird Al Yankovic. Reparem como as duas peças tem semelhanças, principalmente no jeito que os narradores eram tratados pelos pais, hehe...

(Para quem não manja de inglês é só procurar o Google Tradutor!)

Enfim, como eram bons aqueles tempos em que não dava para botar um vídeo no blog, nem existiam blogs, então o que a gente fazia era colar uma fita VHS num caderno com durex...

Um comentário:

lola disse...

Colar uma VHS no caderno foi SENSACIONAL